Gajos: português de “dia a dia” em Moema

Bacalhau a Gomes de Sá: em lascas, batata cozida, cebola, azeite e ovo; R$39

Bacalhau a Gomes de Sá: em lascas, batata cozida, cebola, azeite e ovo; R$39

O ambiente, decorado com simplicidade e bom gosto, dá as boas vindas aos clientes. Na lousa ao lado do bar estão anotadas algumas sugestões de drinques e petiscos, caso do excelente bolinho de bacalhau, pródigo em peixe, pobre em massa e de fritura perfeita (R$ 28, porção com 6). Ao dar uma olhada no menu… leia mais

Cocktail Journey: em busca do melhor drinque com tônica de São Paulo

Criação do bartender  Diogo Pedraçoli, do Vito, para a Cocktail Journey: Afago do Vento (gin Tanqueray N. Ten, água tônica e casca de laranja Bahia) e Deep Winter Ketel & Tonic (vodca Ketel One com infusão de eucalipto e tônica)

Criação do bartender Diogo Pedraçoli, do Vito, para a Cocktail Journey: Afago do Vento (gin Tanqueray N. Ten, água tônica e casca de laranja Bahia) e Deep Winter Ketel & Tonic (vodca Ketel One com infusão de eucalipto e tônica)

O coquetel que penso mais combinar com verão é gin tônica. Muito gelo, amargor na medida, leveza – se bobear, tomo uns cinco. Por isso não está sendo nada ruim rodar a cidade para descobrir qual o melhor drinque com tônica de São Paulo… Pois é, estou aproveitando bem o Cocktail Journey, seletiva regional do… leia mais

Vito: novo menu, cada vez mais brasileiro e artesanal

Pratos de embutidos artesanais do Vito: produzidos na casa do chef, nos arredores de São Paulo

Pratos de embutidos artesanais do Vito: produzidos na casa do chef, nos arredores de São Paulo

A cozinha de André Mifano está cada vez mais artesanal e brasileira. Apesar do Vito ainda preservar um forte sotaque italiano, os ingredientes e conceitos por trás dos pratos são marcantemente nacionais. Exemplo disso? Apenas meia dúzia de itens são importados, caso da trufa negra que acompanha o Patinho de kobe cru fatiado com cogumelos frescos… leia mais

Lá na Roça: boteco mineiro para se acabar em bons bolinhos e sanduíches

Bolinhos de Vaca Atolada do Lá na Roça: mandioca e costela bovina, com toque de couve refogada

Bolinhos de Vaca Atolada do Lá na Roça: mandioca e costela bovina, com toque de couve refogada

-” Então, vou querer esse sanduíche Churrasquinho da Roça” – ” Ih, moça, você vai ter que esperar um pouquinho… Vamos de moto comprar pão na padaria aqui perto, por que acabou. Enquanto isso, vai uma porção de bolinho de Vaca Atolada?” Eu esperei. Eu comi compulsivamente a porção farta de saborosos bolinhos (bela fritura!) de… leia mais

10 restaurantes para conhecer (ou voltar) agora

Risoto (de arroz bomba espanhol) de tucupi e jambú servido com costelas grelhadas de tambaqui do MICAELA

Risoto (de arroz bomba espanhol) de tucupi e jambú servido com costelas grelhadas de tambaqui do MICAELA

Micaela Sanpo Casa Cury Ella. Miya Modi Oui Tuju Ema Loi

Picchi: a nova empreitada de Pier Paolo

Um dos melhores gnocchi da cidade, feito com batata Asterix assada funghi porcini fresco e queijo meia cura de ovelha (R$ 56)

Um dos melhores gnocchi da cidade, feito com batata Asterix assada funghi porcini fresco e queijo meia cura de ovelha (R$ 56)

Contando este novo empreendimento, o chef Pier Paolo já tem três restaurantes Picchi no currículo. O primeiro ocupava o endereço de onde atualmente se encontra o Tian – fechou por falta de movimento. O segundo e terceiro (dois em um por que, no meio do caminho, a casa passou por um “extreme makover”) ficavam em… leia mais

Shangri-La e Brown’s: dias bem felizes no cinco estrelas mais novo e no mais antigo de Londres

Full English breakfast no quarto, com a Tower Bridge como companhia. Dá pra dizer que é mesmo só no Shangri-La London...

Full English breakfast no quarto, com a Tower Bridge como companhia. Dá pra dizer que é mesmo só no Shangri-La London...

Um foi inaugurado em junho deste ano no mais alto e moderno prédio de Londres, inteiramente envidraçado e com visão 360 graus da cidade. O outro abriu as portas em 1837, em Mayfair, e já hospedou Alexander Graham Bell (que fez a primeira chamada telefônica dali), Theodore Roosevelt, Oscar Wilde, Arthur Conan Doyle e Agatha Christie. Um é completamente tecnológico, com… leia mais

Maccaroneria di Gragnano: em Itu, primeira casa de marca do grupo Eataly no Brasil

Boa Seleção de queijos e frios italianos (R$ 43) e vinhos em taça: para começar

Boa Seleção de queijos e frios italianos (R$ 43) e vinhos em taça: para começar

Praticamente não há brasileiro que vá a Nova York e não passe no Eataly. A mega loja virou a meca dos apaixonados por comida: estantes abarrotadas de produtos italianos, pizzaria, peixaria, cervejaria artesanal, mercado, queijaria, sorveteria, tudo num só lugar. O modelo desta rede italiana faz tanto sucesso que já são mais de 18 unidades… leia mais

Due Cuochi Morumbi: nova casa, mesma qualidade

Prato exclusivo no Due Cuochi Morumbi: excelente Risoto cacio e pepe -feito com queijo cacciocavallo - servido com  macio  brasato (R$ 69)

Prato exclusivo no Due Cuochi Morumbi: excelente Risoto cacio e pepe -feito com queijo cacciocavallo - servido com macio brasato (R$ 69)

Há seis ou sete anos, o primeiro Due Cuochi, da Rua Manuel Guedes, era O restaurante italiano da cidade: ganhava todos os prêmios, aparecia constantemente nas revistas de gastronomia e guias de São Paulo, era amplamente elogiado. O tempo passou, e ex chef/sócio saiu, a cidade ganhou outras excelentes casas italianas e, hoje, pouco se ouve falar… leia mais

Londres: comendo bem sem esfolar o bolso

Vada Pav: especialidade indiana de Bombay no excelente Dishoom

Vada Pav: especialidade indiana de Bombay no excelente Dishoom

Londres é uma cidade cara. Segundo algumas pesquisas, a mais cara do mundo. Para nós, brasileiros, não só o custo de vida pesa, mas também a moeda, visto que uma libra é mais de quatro reais. Então, a menos que você nade em grana, não dá pra bobear. Fiquei poucos dias em Londres, mas o… leia mais

A receita para um bom drinque? Curiosidade, pesquisa e treinamento incessante

Drinques comunitários no final da Fraternidade Ketel One: tarde de aprendizado e profissionalização para bartenders

Drinques comunitários no final da Fraternidade Ketel One: tarde de aprendizado e profissionalização para bartenders

Coquetelaria é algo tão complexo quanto gastronomia. É gastronomia, em si. Tanto no bar quanto na cozinha é necessário dominar técnicas, conhecer profundamente a matéria-prima, ser quase neurótico com a dosagem de cada ingrediente, treinar, testar, experimentar, criar. Estudar. Muito. Sempre. Barmen e cozinheiros tem a mesma função: transformar o bom em algo único, harmônico…. leia mais

Oui: pequeno e primoroso bistrô

Vinagrete cremosa de mostarda, alho poró assado, ovo mollet e pequenos pedaços de bacon: primor

Vinagrete cremosa de mostarda, alho poró assado, ovo mollet e pequenos pedaços de bacon: primor

Caio Ottoboni trabalhou sete anos ao lado do chef Erick Jacquin, hoje também apresentador de tv no programa MasterChef, da Band. Em 2013, com o fechamento do La Brasserie, Caio passou duas temporadas em cozinhas de grandes restaurantes em Paris. Para nossa sorte, voltou ao Brasil e acaba de abrir o Oui, em Pinheiros. Com… leia mais

Meatopia UK: em Londres, no maior festival de barbecue do mundo

Picanha com barbecue espresso e farofa do Andre Lima de Luca, do BOS BBQ, servida no Meatopia UK: P. Q. P.

Picanha com barbecue espresso e farofa do Andre Lima de Luca, do BOS BBQ, servida no Meatopia UK: P. Q. P.

Joshua Ozersky é um dos críticos/jornalistas gastronômicos mais respeitados do Estados Unidos. Foi idealizador do prestigiado blog Grub Street, da revista New Yorker, escreveu vários livros sobre o tema (The Hamburger: A History, entre eles), é editor de gastronomia da Esquire e colaborador The Wall Street Journal, Food & Wine e The New York Observer. É, também, o criador do Meatopia que,… leia mais

Nuremberg, Stuttgart e a temporada alemã de festas e comilança

A grelha da Bratwurst Häule, em Nuremberg

A grelha da Bratwurst Häule, em Nuremberg

Final de verão (final de agosto/início de setembro) é a época mais animada na Alemanha: o país todo fica repleto de festas de rua. Comida, música, bebida. Sossegado ir com amigos, família, filhos – segurança realmente não é uma preocupação… Visitei duas delas, uma dedicada a vinhos alemães em Stuttgart (Stuttgarter Weindorf)  e outra, voltada para… leia mais