Onde ir Bom para A gula fora de hora

Deliqatê: café da manhã (o dia todo) e sanduíches muito, muito bons

Panquecas de banana com frutas e maple: apenas perfeitas

É raro eu sair realmente feliz de verdade de um restaurante: é difícil um lugar conseguir reunir comida saborosa (daquelas que na primeira garfada já se começa a fazer planos de voltar e o que comer), ambiente agradável, preços não corrosivos. Nas duas vezes em que fui a nova Deliqatê, saí com aquela sensação aconchegante… leia mais

Casa Elli: sorvetes orgânicos ao estilo italiano

O excelente cioccolato fondente (sem leite) e o refrescante abacaxi: sorvetes da nova Casa Elli

São Paulo está ganhando novas e boas sorveterias que acreditam na fabricação de produtos sem pasta industrializada, corantes ou espessantes, além de utilizarem ingredientes naturais e sazonais – CuordiCrema, Frida e Mina e, agora, a Casa Elli. Criada por quatro italianos- Massimo Borrelli, Stefano Pugin, Valentino Raffaelli e Fabio Spinelli- a Casa Elli abriu há… leia mais

P.A.O: um dos meus cafés da manhã prediletos

Trouxe pra casa: brioche, pão integral de figo e nozes, bolo de azeitona e vinho branco, cookie tradicional

Não é de hoje que a P.A.O. (Padaria Artesanal Orgânica) faz um dos melhores pães de São Paulo. 100% integrais, levam farinha orgânica e sal rosa do Himalaia, passam por longa fermentação e são assados na pedra. A diferença é que  a pequeníssima padaria da Rua Bela Cintra virou uma rede, mantendo a qualidade, com… leia mais

Burger Lab Experience: menu ‘modular’ e ótimos onion rings

Onion Rings empanados em massa com páprica, pimenta do reino e sal

O Burger Lab Experience, aberto há um mês no Panamby, ficou rapidamente famoso por conta do seu hambúrguer de R$ 225 composto por carne de Wagyu australiano, sal azul da Pérsia, Gruyere Suíço, Foie Gras e Trufas Brancas (e ainda acompanhado de escargots). Sério, pra mim é coisa de novo rico sem noção… Mas como… leia mais

Leckerhaus: doces caprichadíssimos com inspiração alemã

Susi: massa de chocolate com recheio de frutas vermelhas, damascos, nata, leite condensado cozido e ovos moles, coberta por chocolate meio amargo

Fundada em 1991, em Porto Alegre, há um ano a Leckerhaus abriu sua filial paulistana, na Rua Melo Alves. Minúscula, é fácil passar batido pela charmosa casinha que abriga uma das docerias mais saborosas da cidade. Especializada em doces alemães, a Leckerhaus expandiu o menu na filial paulistana, servindo também massas artesanais (como o travesseirinho… leia mais

Frida & Mina: sorvetes criativos, saborosos e artesanais de verdade

Sorvete de Flocos em casquinha deliciosa: sem conservantes, corantes ou emulsificantes

Abrir sorveteria e dizer que é artesanal é fácil – difícil é ser. Mais da metade das “artesanais” de São Paulo usam preparos prontos vendidos em grandes distribuidores de doces (lotados de emulsificantes, corantes, estabilizantes) e só adicionam o sabor, quando muito. Na nova Frida & Mina o negócio é diferente: eles preparam todos os… leia mais

Buddies Burger & Beer: ah, o Candied Bacon…

Buddies Burger: hambúrguer de 180 gramas regado com cerveja Budweiser (enquanto está na grelha) e servido com mussarela e molho a base da mesma cerveja.

Atualizado em 22/01/2014: infelizmente a casa não serve mais o Candied Bacon. A onda de hamburguerias gourmet só cresce em São Paulo. Parece que o público se acostumou mesmo com carnes de melhor qualidade sem esturricar, pães bem cuidados e recheios criativos, mesmo tendo que pagar (muito) bem por isso. Mais de uma dezena delas… leia mais

The Gourmet Tea Itaim: a casa de chá virou restaurante

tea4

O que começou há poucos anos como uma pequena loja de chás, em Pinheiros, se tornou uma rede e acaba de abrir a primeira unidade que funciona como restaurante, 7 dias por semana, das 8h/00hs. Parece que o The Gourmet Tea deu certo, não? Parece que paulistanos estão aprendendo a parar alguns instantes para relaxar… leia mais

Ramona: bons drinques e burger; tremendo pudim de leite

Cheeseburger Ramona, feito com 200 gramas de fraldinha vermelha por dentro, coberta com queijo Serra da Canastra, ovo caipira frito, maionese da casa, alface romana e tomate caqui. Acompanhado por boas batatas fritas fininhas

Aberto em julho de 2012, o Ramona instantaneamente entrou para o roteiro dos descolados do centro de São Paulo – embora odeie a expressão, ela agrupa bem jornalistas, artistas, músicos e moradores do Copan e adjacências que costumam frequentar as mesas do restaurante e tomar drinques ao som de rock (nas duas vezes que estive… leia mais

Madame Brigadeiro: chocolate na veia!

Brigadeirão da Madame Brigadeiro: lembra a infância, só que é melhor

Realmente não há nada de novo na inauguração de mais uma brigaderia em São Paulo – aliás, coisa mais batida… Mas quando ela é acima da média, vale, sim, ser mencionada. Esse é o caso da Madame Brigadeiro, em Perdizes. Pra começo de conversa, brigadeiros são apenas um dos produtos da ótima doceria. São mais… leia mais

The Dog Haus: hot dogs ao estilo americano

Cachorro quente de salsicha húngara (80% carne bovino e 20% suína), cheddar, chilli e cebola crocante: Original's

Para post mais recente sobre o local, CLIQUE AQUI Hambúrger e cachorro quente despertam paixões. Cada um tem a fórmula perfeita que envolve tipo e maneira de preparo da carne, temperatura e textura corretas do pão, coberturas “certas”- e por aí vai. Nos EUA hot dog é uma instituição. São carrinhos na rua, grandes redes,… leia mais

Tea Connection Itaim: apetitosas saladas e pratos saudáveis

Bruschetta de camarões rosa em pão de grãos com abacate, cebola roxa, brotos, molho de limão e cream cheese com endro

O Tea Connection pode parecer, por conta do nome, apenas uma casa de chá. Não é. É um restaurante de boa comida saudável (saladas, sanduíches leves, woks de carnes e vegetais; nada de frituras; carboidratos preferencialmente integrais) que também oferece chás selecionados. É possível, sim, tomar uma xícara de oolong acompanhada de uma fatia de… leia mais

Brera: só panini – e bem feitos

Panino de prosciutto curado 18 meses, rúcula, tomate, azeite trufado de Alba e brie: uma das 35 opções

Panino, assim como pizza, ganhou o mundo. O sanduíche, recheado virtualmente com qualquer coisa, é encontrado em vendedores ambulantes em Moscou, lanchonetes no Piqueri, cafés em Roma, barraquinhas em Nova York – a verdade é que qualquer biboca vende pão com sei-lá-o-que no meio. Mas, na real, panino (panini é o plural) pode ser delicioso… leia mais

Balila: libanês moderno e bem bom

Quibe michui de coalhada seca, acompanhado por batatas fritas e fatouche

Tem quibe, mas não só de carne. Tem esfiha, mas também muito mais que isso. O Balila me agradou tanto por sair da velha fórmula charuto-de-folha-de-uva-com-coalhada que vemos nos restaurantes árabes/libaneses de São Paulo. Ele oferece todos os itens tão amados pelos paulistanos mas seu menu possui faceta mais moderna – atendendo muito bem vegetarianos,… leia mais

Casa Cabral Rotisseria e Pastifício: ótimos assados e massas artesanais

Ótima fraldinha cozida na cerveja IPA acompanhada de fettuccine artesanal

Dou um tremendo valor a quem se dedica a fazer bem feito receitas tradicionais e despidas de glamour, tratadas com desprezo por alguns chefs que só enxergam mérito em cozinha moderna, vanguardista (que preguiça….). Na real, consumirmos alta gastronomia é exceção – mas nos alimentamos todos os dias. Várias vezes. A nova Casa Cabral Rotisseria… leia mais

CuordiCrema: pouca gordura, muita cremosidade e sabor vibrante

Foto: Piccolo (menor tamanho) de maravilhoso sorvete de pistache e de cacau equatoriano

São Paulo, até pouco tempo, tinha poucas marcas de sorvetes. E  maioria delas usava (algumas ainda usam) base de sorvete italiano comprada em lojas especializadas, o que é bem broxante para o consumidor que lê o “artesanal” estampado no copinho. De quatro anos pra cá, algumas boas opções surgiram, como a Vipiteno, que efetivamente tem… leia mais