Amadeus: impecáveis frutos do mar

Couvert: jamais deixe de pedir; vieiras defumadas servidas com aspargos, purê de pupunha e azeite de erva doce; massa frasca com camarões brancos, alcachofrinhas, limão siciliano e pimenta de cheiro

Bella Masano poderia ser uma daquelas chef/proprietária que dão a famosa “passada social” no restaurante e gastam mais tempo fazendo matérias para revistas e tv do que cozinhando, afinal, sua casa, o Amadeus, é reconhecida- há mais de duas décadas- como um dos melhores restaurantes de frutos do mar de São Paulo. Mas ela não é assim.

A filha de Ana e Tadeu Masano, que cresceu ao lado dos cozinheiros e do fogão do Amadeus, é uma mulher tímida e simpática, em constante movimento entre o salão e a cozinha, onde fica seu coração. Sempre preocupada com os detalhes, sempre conversando com os clientes, sempre checando cada item que sai das panelas. Basta você abrir o menu, e dar a primeira garfada no que pedir, para notar a dedicação dela ao seu ofício. Criações delicadas com inserção de ingredientes brasileiros de maneira natural e sem forçar a barra; ponto de cozimento e frescor de peixes e frutos do mar de dar inveja a muito restaurante de praia; tempero acertadíssimo e serviço atencioso.

Não deixe de pedir o couvert, sempre composto por quatro pequenas delícias, sendo uma delas fritura (o meu mini pastel de bacalhau estava sensacional). Os outros itens no dia eram, além dos pães: lula baby com creme de beterraba, sopa de ervilha fresca e camarão cremoso. O preço, R$ 12 por pessoa, é menor do que muitos “pão-manteiga-azeitesemivirgem” servidos por aí.

Deliciosas mini lulas recheadas com seus tentáculos, bacon e caju (acompanhada de consomê de shimeji)

O cardápio tem duas sugestões muito, muito pedidas: Sinfonia de camarões e Plateau Royal de Frutos do Mar. O primeiro é composto de cuscuz com salada verde, camarões brancos em ninho de massa fresca com alcachofrinhas, camarão gigante com aspargos e cogumelos braseados, camarão gigante em berço de batata palha, camarão gigante flambado no cognac com curry e arroz negro e doce siciliano (sfraciatelli) a base de frutas secas e mel e custa R$ 175 por pessoa. O segundo, IMENSO, servido frio, vem à mesa numa panela de preparado de paella, belamente montado, com lagostas, camarões, mariscos, vieiras e vôngoles; serve duas pessoas e custa R$ 215.

Mas eu queria provar mais da cozinha da Bella, então optei por outras coisas no menu, mais especificamente pelas absolutamente tenras Mini lulas recheadas com seus tentáculos, bacon e caju (acompanhada de shimeji; R$ 29) e surpreendentes e gordas vieiras levemente defumadas, acompanhadas de aspargos crocantes, purê grosso de pupunha e azeite de erva doce (R$ 38). Me dei muito bem, vou te contar.

Moqueca da casa: robalo (ou peixe do dia) com banana, leite de coco caseiro, pimenta de cheiro, leve toque de dendê, acompanhada de farofa crocante de cebola

Para principal, escolhi o prato da Boa Lembrança, não porque queria o prato em si, mas porque fiquei babando no aroma quando ele cruzou o salão para aterrissar na mesa do meu vizinho: gordos e perfeitos camarões brancos sobre massa artesanal fresca e longa, banhada com molho de tomate, alcachofrinhas, limão siciliano e pimenta de cheiro (R$ 72). Delicado, cheiroso, equilibrado. Um tesão.

Depois fomos de Moqueca da casa. Um negócio sério, feita como deve ser: peixe do dia (robalo, no caso, mas pode ser pescada amarela), leite de coco extraído da fruta no restaurante- o que resulta em um creme belamente denso e riquíssimo-, banana-nanica em rodelas, toque de dendê, finíssimas tiras de pimentão (que acrescentavam ao todo e não o destruiam como quase sempre se vê!) e farofinha super crocante de cebola (R$ 94 e dá para duas pessoas apesar de ser indicado como individual).  Assim, deu vontade de comer de colher a mistura que sobrou no prato, de tão boa. Na próxima visita, vou atacar a Cavaquinha grelhada e regada com molho de ervas (R$ 99).

Tudo de coco: manjar de coco com calda de caju, cacada com pimenta rosa, sorvete de coco; nova sobremesa composta por pannacotta de café, brigadeiro com amêndoas e mousse de chocolate

Para sobremesa, recomendo vivamente as texturas do Coco em Versões, composta de manjar de coco com calda azedinha de caju, cocada fresca com pimenta rosa e sorvete caseiro de coco (R$ 24). Nova no cardápio, perfeita para os chocólatras, a pannacotta de café com chocolate, brigadeiros de chocolate com amêndoas e mousse de chocolate sobre finos biscoitos é a pedida.

Grande restaurante. Pena que o salão seja tão antiquado…

Amadeus: Rua Haddock Lobo, 807, Jardins, tel.: 3061-2859

Fazer um comentário

Seja bem-vindo. Sua opinião é importante. Comentários ofensivos ou com identidades falsas serão reprovados.