Chef Marc Le Dantec: o Bistrô Charlô em sua melhor fase

Linguiça picante, manteiga de ervas e tomate cereja

Sempre achei interessante o menu amplo e variado do Bistrô Charlô, uma fusão sem muita pretensão das culinárias brasileira e francesa. Mas sentia falta de uma mão de chef, algo que marcasse algum prato com a exclamação “Ah, ISSO é Bistrô Charlô”. Semana passada, finalmente, senti isso. O motivo é o chef Marc Le Dantec.

Carpaccio de polvo com chutney de chuchu e castanhas

Contratado há cerca de um ano, o chef francês formado pela Saint-Nazaire Académia de Nante deu jovialidade e leveza ao restaurante, principalmente nos pratos de peixes e frutos do mar, matérias-primas de sua preferência– talvez porque tenha se acostumado a trabalhar com ótimos polvos, camarões, pintados, robalos e afins nos oito anos em que viveu em Salvador. A história é a seguinte: em 2002, Marc veio morar em São Paulo a convite de Laurent Suaudeau, para comandar a cozinha do Bistrot Jaú (a indicação foi de Claude Troigros que o conheceu em Nova York); passou um breve período na cidade e mudou-se para a capital baiana, onde chefiou a cozinha do Galpão e, posteriormente, abriu sua casa, Marc Le Dantec Cozinha Contemporânea.

Velouté de palmito da fazenda, sauté de polvo e camarões e farofa de pistache

Agora, de volta a São Paulo, Marc reflete sua personalidade alegre e espontânea (pois é, nem parece que estamos falando de um francês!) em suas criações. Nada rocambolesco, cheio de truques e técnicas modernas– a intenção é deixar a qualidade do produto falar por si. E fala: o Carpaccio de polvo com chutney de chuchu e castanhas (R$ 29) é delicadíssimo, de textura quase cremosa que se desmancha na língua. Outra entradinha simples e gostosa é a Linguiça picante, manteiga de ervas e tomate cereja (R$ 28).

Pargo com cereais, acelga chinesa e vinagrete de maçã

Entre os pratos principais, claro, fomos de peixe. Aconselho com todas as fibras do meu ser o Velouté de palmito, sauté de polvo e camarões e farofa de pistache (R$ 30), praticamente uma nuvem aerada de sabor sutil de palmito (proveniente da fazenda da família de Charlô) e moluscos incrivelmente tenros e bem temperados. Para finalizar, uma posta alta e suculenta de Pargo com mix de cereais, acelga chinesa e vinagrete de maçã de acidez equilibradíssima (R$ 60).

Para sobremesa, o molhadinho bolo de nozes (R$ 20).

Bolo de nozes

Ah, sim: as porções são maiores do que você está vendo nas fotos. Aqui, o tamanho é referente a um menu-degustação. Não se assuste!

Bistrô Charlô: Rua Barão de Capanema, 440, Jardins, tel.: (11) 3087-4444

Fazer um comentário

Seja bem-vindo. Sua opinião é importante. Comentários ofensivos ou com identidades falsas serão reprovados.