Osteria Ritto: sim, é possível comer bem sem declarar falência

Língua braseada, com um pouquinho de pesto delicado, sobre polenta mega saborosa

A Ritto Pizzaria, na Vila Leopoldina, pode não ser tão famosa quanto outras da cidade, mas a qualidade de suas pizzas é bem superior a de muitas, incluindo aí algumas das mais comentadas. Há um ano e meio, os proprietários reformaram o pequenino imóvel ao lado, trouxeram da Itália o consultor italiano Alessandro Bartolomei e abriram a Osteria Ritto, um endereço não muito conhecido, longe do circuito badalado e com massas feitas com tremendo capricho.

Trio de grandes arancini recheados com ragus de pato, coelho e rabada

Um lugar que dá muito gosto de conhecer. Uma casa de menu conciso, pratos bem executados, apetitosos, FARTOS, cheirosos – qualquer nonna se orgulharia. E, por último mas não menos importante, os preços são beeeeem razoáveis numa cidade que perdeu o senso de realidade.

Couvert; salão pequeno e acolhedor da Osteria Ritto

A carta de vinhos não é imensa, mas oferece rótulos de bom custo/benefício, principalmente italianos. O serviço, atencioso, deixa os clientes à vontade. Entre as entradas, não deixe de pedir duas: trio de grandes arancini recheados com ragus de pato, coelho e rabada (R$ 10,50)  e a língua, com um tiquinho de pesto leve, servida com polenta (R$ 10,30).

Carbonara com massa al dente feita na casa, sem creme de leite e com muito muito muito sabor

Bolinhos fritos a perfeição e arroz bem temperado, assim como as carnes que os recheiam. E a língua… macia, macia, escoltada por uma das polentas mais saborosas dos últimos tempos. Como miúdos ficam deliciosos quando bem feitos! De lamber o prato, o garfo e faca. Há ainda flor de abóbora recheada com ricota aromatizada no limão siciliano (R$ 10,50) e berinjela a parmegiana (R$ 8,70; sim, R$ 8,70!).

Pappardelle com espinafre (feito na Ritto) com excelente ragu de javali

Todas as poucas massas são feitas ali. Poucas e boas: fresquíssimas e, as que comi, com cozimento perfeito- difícil de encontrar! Encorpado, sem creme de leite ou pretensão e com pecorino e gema de ovos orgânicos,  o espaguete à Carbonara (R$ 34,90) deu show. O meu pedido também foi um acerto e tanto: papardele ao espinafre com ragu de javali (R$ 36). Ligeiramente adocicado, levamente picante, longamente cozido até chegar ao ponto do molho espesso e repleto de sabor: um prato que pode não ser requintado ou estar “na moda”, mas aquece a alma. Na minha próxima visita provarei o carré suíno ao vinho branco com batata ao forno (R$ 44,40) ou o torteli de abóbora ao molho de tomate e linguiça (R$ 39,80), o carro-chefe da Osteria.

Musse de zabaione com crocante de pistache

As sobremesas não me agradaram tanto. Não que sejam ruins, apenas menos cuidadosas. O musse de zabaione com crocante de pistache (R$ 14,90) estaria realmente gostoso se menos doce; o Budino al cioccolato e caffé (dois na verdade!), acompanhado de musse de zabaione (R$ 14,90), tinha consistência mais pra brownie… um bom brownie, mas nada uau. Deveria ter ido na sugestão no garçom, a gelatina de Late Harvest com frutas (R$ 17,90). Todas são tamanho GG.

Budino al cioccolato e caffè: sim, tá mais pra brownie

Saí de lá com a certeza de que voltarei muito, assim como os clientes fiéis, que o maitre conhecia pelo nome, espalhados pelas mesas ao meu redor. Eles sabem o que é bom.

Osteria Ritto: Rua Nanuque, 253, Vila Leopoldina, tel.:  3836-2166

Fazer um comentário

Seja bem-vindo. Sua opinião é importante. Comentários ofensivos ou com identidades falsas serão reprovados.