Tordesilhas: toda a excelência da comida brasileira

Caipirinha de maracujá feita com cachaça Jacuba e porção de pastel de carne e de queijo coalho: o abre-alas para o almoço

Mara Salles é muito menos celebrada do que deveria. Mara ama e dedica-se ao que faz – coisa rara de se ver em tempos de “chefs” que raramente vão pro fogão e que se interessam mais em ficar famosos e aparecer em revistas do que em exercer sua profissão.

Cozinheira talentosíssima, incansável pesquisadora da nossa gastronomia, cresceu em sua profissão da maneira mais bela: aprimorando-se por décadas na cozinha e conhecendo minuciosamente ingredientes, pedaços de nossa cultura e receitas praticamente esquecidas em suas dezenas de viagens pelo país. Seu restaurante, o Tordesilhas, é uma ótima mostra dessa paixão por seu ofício. Desde 1990, fazendo milhares de comensais felizes.

Caldinho de feijão delicioso com renda de couve e torresmo

A primeira coisa que muitos irão falar ao ler esse post é: “mas é caro demais!”. Sim, não é barato. São Paulo é uma cidade bizarramente cara, todos sabemos. Todos sabemos também que trabalhar com ingredientes de primeira, ter equipe bem treinada e um ponto grande em local bacana é algo que não sai por cinco centavos. Isso sem falar nos impostos absurdos que pagamos. Mas se posso dizer uma coisa é: uma refeição no Tordesilhas é uma excursão pelo Brasil, um roteiro sensorial em garfadas, goles e colheradas para não esquecer.

Salão do Tordesilhas

A cozinha de Mara é primorosa. Nada é exagerado, tudo exala frescor. Desde os petiscos mais simples como a sensacional porção de pastel de carne e de queijo coalho (um dos melhores pastéis que já comi; $ 20  a porção ou R$ 13 a meia) até a suculência da excelente Ripa de costelinha de porco com risoto mulato, puxado no caldo da feijoada, e couve (R$ 52), a comida do Tordesilhas é plena, verdadeira.

Chibé: caldo gelado de origem indígena feito com farinha ovinha de Uarini e ervas amazônicas

Prove o equilibradíssimo Caldinho de feijão com excelente torresmo e delicada renda de couve frita (R$ 10). Tome Chibé (R$ 13), caldo de origem índigena, tomado gelado, feito com farinha ovinha de Uarini (de mandioca, feita no Amazonas) e ervas amazônicas. Experimente o Tacacá  (R$ 12 cuia pequena), caldo tradicionalíssimo no Pará e no Amazonas feito de tucupi, jambu (saborosa erva amazônica que adormece a língua), goma de tapioca e camarão seco.

Tacacá

Jamais saia do Tordesilhas sem pedir caipirinha: elas são muitíssimo bem feitas e a opção de cachaças é vasta, bem vasta. A que mais gosto, além da verdadeira (limão!) é a de maracujá com cachaça Jacuba (R$ 18). Se estiver no pique, prove as branquinhas puras e volte dormindo no táxi.

Robalo grelhado ao molho de moqueca, caruru, acaçá e farofa de dendê

Os pratos principais continuam a viagem. Há os clássicos como o melhor picadinho da cidade (R$ 43), o belo Tutu à mineira feito com feijão vermelho, costelinha de porco, arroz, couve, torresminhos e ovo (R$ 52), a Moqueca capixaba (R$ 60) e o Pato no Tucupi (R$ 75). Na minha última visita, fiquei só na parte dos pratos criados por Mara e fui de incrivelmente fresco e úmido Robalo ao delicado molho de moqueca, caruru (mexido de quiabo, camarão seco, amendoim, dendê e coentro), acaçá (manjar de arroz com aroma de alecrim) e farofa de dendê (R$ 63) e meu namorado na ripa de costelinha que citei acima. Há também Galeto assado com curau de milho verde e arroz de abobrinha ao perfume de pequi (R$ 45),  Moqueca de banana-da-terra (R$ 40), medalhão de carne de sol com risoto de pupunha (R$ 55)…

Ripa de costelinha de porco com arroz puxado no molho de feijoada e couve

Então as sobremesas fazem qualquer um gemer de prazer. Pelamor… O que é esse Pavê de chocolate e café (de consistência maravilhosa de mousse) com cristais de pimenta-de-cheiro (R$ 18)? Ou a Cocada de tabuleiro com sorvete de tapioca e calda de tamarindo (R$ 20)?

Comida brasileira é sensacional. Pelas mãos de Mara Salles, mais ainda.

VIXE! Pavê de chocolate com café e cristais de pimenta-de-cheiro

Tordesilhas: Rua Bela Cintra, 465, Consolação, tel.: (011) 3107-7444

 

As fotos deste post foram tiradas com uma Sony NEX-C3K 

Fazer um comentário

Seja bem-vindo. Sua opinião é importante. Comentários ofensivos ou com identidades falsas serão reprovados.