Onde ir Tipos de cozinha Variada

Belga Corner: tremeeeendo waffle!

Waffle com calda morna de chocolate belga e chantilly fresco: levíssimo, massa saborosa e mega aerada

Aberto há poucas semanas por sócios belgas, o Belga Corner é uma bela novidade no Itaim. Ali a comida é bem feita, o serviço é simpático, não fecha durante a tarde e o waffle…. afemaria! Sem dúvida, o melhor de São Paulo. A casa de salão simples, bem decorado e agradável foca em duas frentes:… leia mais

Bravin: excelente e criativo menu executivo entre R$ 29 e R$ 37

Ótimo arroz de moela e cogumelos à cavalo

Quando o Bravin abriu, há quase dois anos, fui lá três vezes. A comida era apagada; o menu, perdido no conceito ‘receitas de avó’; o serviço, confuso. Apesar da ótima seleção de vinhos, a casa nunca me empolgou. Eis que agora volto e minhas impressões foram diametralmente opostas – com exceção da carta de vinhos,… leia mais

Arturito: impecável e a preços mais sensatos

Deliciosa empanada salteña (carne picante, batata e ovos caipiras, R$ 7)

O Arturito voltou a sua melhor forma:  não é de se estranhar, afinal a chef-proprietária Paola Carosella abandonou suas atividades como consultora e dedica 100% do tempo a seu restaurante, que tem cozinha a cargo de Thiago Bañares. Outra mudança significativa foram os preços, algo que assustava a maioria das pessoas que conheço: os pratos tiveram… leia mais

Chez Oscar: salão cenográfico, menu atrativo e serviço displicente

The Black Burger: pão preto australiano orgânico, burger artesanal, cheddar processado, molho preto, cebola roxa caramelizada e picles (R$ 39)

O Grupo Chez tornou-se um case de sucesso em curto espaço de tempo. Em menos de dois anos, abriram o Bar Secreto, o Lorena 1989 (que depois virou Chez Lorena), o Chez Burger (que depois virou Casa Nero) e o Chez MIS. Em todos, salão modernão e escurinho lotado de gente da moda, jovens empresários,… leia mais

AK Vila: agora com barraquinha de falafel e ótimo sanduíche de ovo!

Sanduíche de salada e ovo orgânico (R$ 6): lindamente cremoso, endro no ponto certo, pão de interior crocante. Puts.

AK, a chef Andrea Kaufman, é inquieta. Não teve uma única vez que a encontrei e ela não estivesse pensando em um prato novo, uma alteração sazonal no menu, em um fornecedor melhor para o AK Vila. Amante da culinária mexicana e de frutos do mar, Andrea sempre incorpora no menu de sua casa pratos… leia mais

Lox Deli: bagel, pastrami, rosbife, salmão gravlax… E tudo artesanal

Uma deli com bagels, salmão lox, salmão gravlax, pastrami, rosbife, massas – tudinho artesanal, fresco e com evidente qualidade. Criada por Beto Tempel em sociedade com sua esposa-  ele já foi sócio do bufê Red e do Le French Bazar – após um ano sabático de viagem pelo mundo, a Lox é resultado da sua paixão por oferecer comida boa, reconfortante, bem feita, caseira. Beto, que também é chef, produz tudo ali, do zero, com calma. O resultado é excelente. Para post completo, clique AQUI

Uma deli com bagels, salmão lox, salmão gravlax, pastrami, rosbife, massas – tudinho artesanal, fresco e com evidente qualidade. Parecia meio impossível de encontrar em São Paulo um lugar assim há até 20 dias, quando a Lox Deli começou a funcionar na esquina da Rua Batataes com a Alameda Campinas. Criada por Beto Tempel em… leia mais

Feed Food: comida boa, lugar gostoso. Meu canto de tranquilidade.

Uma das melhores coxinhas da cidade (a massa é de mandioquinha)

Nas minhas refeições a lazer, raros são os lugares nos quais me refugio. Posso contar nos dedos de uma mão e ainda sobra dedo. Visto que minha profissão exige que coma fora de casa todo dia, assim que aposento o bloco de anotações e a câmera fotográfica quero toneladas de sossego e nem um grama de… leia mais

Mimo: para comer bem. Muito bem.

Tostada de camembert, aspargos verdes, pera e pinoli: simples, bem feita e deliciosa entrada

É bem comum encontrar restaurantes que são excelentes quando abrem e meses depois, assim que o proprietário acha que o negócio está estabelecido, a comida e o serviço caem drasticamente de qualidade. Não é, mesmo, o caso do Mimo, inaugurado há 10 meses por Fernanda Duarte, advogada que abandonou seu bem pago trabalho para investir no… leia mais

Barteco: comida boa a preços idem

Arroz de rabada com agrião: fixo no menu, sai R$ 29 no executivo, acompanhado de salada e couvert

ESTABELECIMENTO FECHADO Comer em bar deixou, há tempos, de ser sinônimo de ingerir frituras sem fim, engordurar a cara e a mão e acabar o dia entornando uma dose monumental de sal de frutas: o público hoje quer beber bem (e muito, às vezes) enquanto curte comida bem feita. E não há razão para não… leia mais

Fisherman’s Table: menu nipo-moderno-coreano

Fisherman's Oyako Bowl: salmão marinado e desfiado misturado a gohan, cebola, rabanete, minicamarões e coroado por ovas de salmão

Os sócios Ryan Kim e Jae Kim, proprietários do Butcher’s Market, acabam de abrir um novo restaurante de temática ousada numa cidade tão gastronomicamente conservadora como São Paulo. Também no Itaim, o Fisherman’s Table funde as cozinhas japonesa e coreana com uma boa dose de ousadia autoral. A definição dada pelos proprietários para o empreendimento é… leia mais

The Gourmet Tea Itaim: a casa de chá virou restaurante

tea4

O que começou há poucos anos como uma pequena loja de chás, em Pinheiros, se tornou uma rede e acaba de abrir a primeira unidade que funciona como restaurante, 7 dias por semana, das 8h/00hs. Parece que o The Gourmet Tea deu certo, não? Parece que paulistanos estão aprendendo a parar alguns instantes para relaxar… leia mais

Ramona: bons drinques e burger; tremendo pudim de leite

Cheeseburger Ramona, feito com 200 gramas de fraldinha vermelha por dentro, coberta com queijo Serra da Canastra, ovo caipira frito, maionese da casa, alface romana e tomate caqui. Acompanhado por boas batatas fritas fininhas

Aberto em julho de 2012, o Ramona instantaneamente entrou para o roteiro dos descolados do centro de São Paulo – embora odeie a expressão, ela agrupa bem jornalistas, artistas, músicos e moradores do Copan e adjacências que costumam frequentar as mesas do restaurante e tomar drinques ao som de rock (nas duas vezes que estive… leia mais

Rouge Bar à Vin: boa comida e cara carta de vinhos

Picadinho: servido a R$ 34 no menu executivo

A Rua Mário Ferraz, no Itaim Bibi, acaba de ganhar mais um endereço gastronômico, o Rouge Bar à Vin. A casa, como o próprio nome deixa claro, dedica-se ao vinho, especialmente aos rótulos franceses, selecionados pelos sommeliers-consultores Rafael Goulart e Paulo Neto. O ambiente tem bastante luz natural, pé direito alto, mesas com boa distância… leia mais

Tea Connection Itaim: apetitosas saladas e pratos saudáveis

Bruschetta de camarões rosa em pão de grãos com abacate, cebola roxa, brotos, molho de limão e cream cheese com endro

O Tea Connection pode parecer, por conta do nome, apenas uma casa de chá. Não é. É um restaurante de boa comida saudável (saladas, sanduíches leves, woks de carnes e vegetais; nada de frituras; carboidratos preferencialmente integrais) que também oferece chás selecionados. É possível, sim, tomar uma xícara de oolong acompanhada de uma fatia de… leia mais